15.12.06

O segredo do irônico.

Se as pessoas pensassem como eu, certamente que este mundo, tal como é hoje , não seria mais viável. Assim como para os meus contemporâneos o mundo de 500 anos atrás não é viável. Por este motivo, sou extemporâneo: um homem, nem ao menos nascido, veio até mim - devia ter uns 500 anos - e contou-me um "segredinho". Este "segredinho" perpetuou um sorriso branco e ascendente no meu rosto, que diminuiu todos ao meu redor.

Quando ando por aí e olho para as pessoas, sabendo o que elas não sabem, faz com que o escárnio tome conta de mim e me tente a sorrir. Meu sorriso branco e resplandecente diminui todos ao meu redor. Pois sei o que eles não sabem, de uma forma que não posso explicar... então, eu sorrio!

A graça, anti-graça está no fato de que tal "segredinho" pertence só a mim. Talvez, daqui a uns 500 anos todos saibam e vivam do modo como penso hoje, mas, dentre os contemporâneos desta época, novos irônicos irão aparecer e sorrir para seus contemporâneos, pois lhes foi contado um novo "segredinho", de uns -- 500 anos!

Nenhum comentário: