28.7.06

Essencialmente injusto

Existem alguma almas que nascem com um dom: o dom da justiça. Para se ser justo o espírito precisa perceber nuances de poder, e ser capaz de um equilíbrio de forças de forma que força A não se sobreponha a força B ou vice versa.
No conflito de interesses , na relação desigual entre indivíduos, sejam forças sociais ou forças psicológicas atuando em conflito, em choque, o Juiz: homem possuidor da ponderação inata, é capaz de equilibrar a balança e tornar a vida dos conflitantes, suportável.
Todavia, quero ressaltar que elevar esses poucos homens a um patamar tal que possam servir de termômetro social em nossas vidas sempre foi e sempre será uma tarefa das mais difíceis. Pois a justiça nao é coisa natural. O mundo é essencialmente injusto, o equilíbrio é rara exceção .... muitas vezes o que sentimos não pode ser recíproco ou não pode satisfazer-se. É como se um desaguar de forças fosse completamente em vão.

O que eu sinto agora: uma fraqueza após uma paixão não correspondia, não recíproca. É inacreditável o fato de como o equilíbrio não existe, e toda uma arbitrariedade leva você a atuar contra você mesmo sem ao menos uma contra partida, uma força contraria que equilibre toda essa potência. Foram dois anos de investidas, para quê? Em apenas uma ou duas semanas uma maldita ave de rapina membro do mesmo rebanho açoitou o coração de minha amada. A tristeza consumiu-me o coração por um tempo. Mas agora minha alternativa é tornar-me JUIZ, juiz de meus próprios sentimentos.

Um comentário:

felipe disse...

ker kebrar o ladrão do coração de sua amada?